sexta-feira, 30 de março de 2012

A ilusão tem um prazo de validade


 A ilusão tem um prazo de validade

Mensagem de Arthrathon

Transmitida telepaticamente através de Ana Clara
29-03-2012


“Estão agora numa energia do 4, energia da Terra, energia do ‘Fazer’, que poderão interpretar como uma energia mais pesada, a da Terra.
Não esqueçam que a energia do 4 é também a energia do quadrado, do cubo de Methraton.
Assim, em cima como em baixo, vocês estão.
Vocês são nós.
Somos porque todos estamos unidos num ponto só.
Ao vosso em baixo há semelhança com o vosso em cima. 
Para nós, apenas uma energia de inclusão, de União de tudo.
Benfazejem-se[1] nessa energia do 4!

Aquilo que nos une é aquilo que vocês apelidam de energia de expansão.
Essa expansão faz-se dentro de vós mas sente-se fora de vós.
Aí, naquele meio que criaram, que para nós é chamado de ilusório (não por ser inferior, mas porque vem da vossa e da nossa, dos que passámos por aí, creação, a ilusão, como que tem um prazo de validade e foram vocês e nós próprios que criámos um prazo.

Continuar fora desse prazo é possível mas ficarão ‘murchos’, insatisfeitos.
Vivam o vosso tempo de expansão. 
Tentem, e sei como isso é difícil, não se preocupar com a expansão dos outros se aparentemente não a virem. 
Todos têm os seus prazos, todos têm as suas expansões. 

Contrariando as leis da física a expansão pode dar-se recolhendo-se como uma espécie de implosão. A vossa implosão emite radiação e é por isso que vos vemos e é por isso que vos sentem, os que estão à vossa volta."

Pergunta-  Então, esta matriz vai mesmo acabar?

Termina  o tempo da matriz de alguns mas nunca termina para o todo, porque essa matriz é feita de uma imagem divina. 
O Divino, como sabem, como sentem, é imensurável, é infinito.

A vossa matriz, o vosso esquema, o vosso plano de jogo muda-se, mudou. Então, a vossa matriz em relação à matriz dos outros, cujo jogo não é igual, como que; se afasta, eleva-se. 
Não por ser melhor, menor ou maior, apenas é diferente. 
A matriz continua para outros que queiram continuar nesse seu registo.

O próprio plano Divino como que duvida da coexistência de matrizes diferentes. Essa coexistência poderá eventualmente não acontecer.
Ou poderá ser colocada em paralelo convosco numa coexistência pacífica possível. 

Para que entendam melhor, quando vos explico que vocês estão a coexistir com outras vidas que já criaram, o mesmo poderá ser feito em grupos. Só que esses grupos estão a ficar pacificados. 
Vocês não o sentem, vocês não o vêem por tudo aquilo que acontece à vossa volta. Mas esses grupos estão a pacificar-se até contra a sua própria aparente vontade. 
Vai depender das ínfimas frequências que possam atingir ou não para essa mudança.

Termina um mundo, cria-se um novo mundo. 
A Creação de novos Mundos não vem através da destruição. 
Isso é um conceito terreno no qual vocês se habituaram a coexistir. 
A Creação de Novos Mundos não vêm da destruição. 
Por isso, não há perdas, não há sofrimentos, não há dores. 
Apenas há mudanças e todos na sua célula divina mais ínfima entendam isso e aceitem isso!
Coexistência!


 Pergunta- O que significa a expressão já várias vezes referida, ‘Selat mai?’

“ São alfabetos de múltiplos universos aos quais os vossos alfabetos arcaicos  se assemelham.

‘Selat mai’ conforme o padrão e o local para onde é enviado pode ser interpretado de formas diferentes. 
A mesma palavra, a mesma sonoridade aos vossos ouvidos e conforme é emitida pode ter várias interpretações:

Estamos convosco!
Minha Luz em vós!
Nós estamos em vós!
Somos Unos!

Há palavras que são esquecidas e há palavras novas no vosso léxico que surgem com a inovação que vocês acham estranhas e ofensivas. 
Com o passar do tempo elas são normalizadas, são aceites. Há uma evolução linguística.
Embora nós não precisemos de palavras, elas existem, não no sentido fonético mas no sentido de entendimento.
É como se as palavras voassem mas não fossem ouvidas, apenas transmitidas. No ar.

Pergunta- Então, quando comunicas com outros povos  a comunicação é sempre feita telepaticamente?

“ Ou da melodia, através de sons. Quem mais perto está de vós individualmente são os vossos anjos, energias fluídas. 
E essas energias fluídas comunicam através da melodia e a melodia pode não ser a música que vocês conhecem, mas podem ser brisas, podem ser trinados de pássaros, podem ser sons da Natureza.

O que vocês têm como factor adquirido de ser exclusivo de um animal ou de uma planta. Esses sons da Natureza são sons do Universo. 
Quando vocês cantam, quando emitem sons melodiosos, independentemente de acharem que não os conseguem emitir numa frequência de equilíbrio, são sons do Universo.”

Pergunta- Interrogo-me por onde  andas e o que estás a fazer  além da reconstrução de feixes energéticos?

“Nós, na nossa vibração nunca nos separamos. 
Aí, mesmo quando nos separávamos fisicamente estávamos unidos numa onda que até podia ser a onda do pensamento.
 Esses feixes (roda de bicicleta) nunca se separam. 
E se tu pensares nessa roda de bicicleta, o pneu que está a rodar no chão não consegue olhar para o centro de onde partem esses raios. Porque não é possível. 
Há uma função de roda, uma função de pneu, uma função de eixos e há uma função de centro de união desses eixos. 
Coexistindo, nessa roda de bicicleta está a perfeição! 
A bicicleta ou o triciclo rodam, eles são perfeitos na sua forma e na sua função. Sem o pneu a bicicleta não roda, sem os eixos a roda abate e sem os parafusos que unem essa roda ao eixo maior da bicicleta não é possível fazer o passeio!

Não te preocupes com a minha função ou com a tua função.
Um professor não ensina só. Um professor também emite conceitos, dá presença e marca na memória de quem por ele passa. Uma função não é estanque. Não é confinativa.

Como me sinto?!
Numa palavra do teu ego e do teu léxico, podes equiparar a êxtase. Um êxtase com Alegria, com Paz nessa pirâmide interior e ao mesmo tempo em Liberdade.
 

 Já vos tenho explicado que uma parte das nossas funções tem a ver com a comunicação. Faz parte do projecto que delineámos que também estas comunicações fossem feitas e quando te perguntas para que servem…. 

Já reparaste que muitos vão tendo acesso a elas, vão mudando, vão descascando as camadas que tinham por cima e até mais do que aqueles que vocês se apercebem. 
Numa perspectiva maior, não por isso melhor, elas vão chegando onde têm que chegar. 

Tal como um pequeno riacho.
Não é uma avalanche tempestuosa mas é um pequeno riacho. 
E no entanto, um pequeno riacho vai-se infiltrando, vai passando por fendas estreitas mas vai deixando a sua marca e depois vai desembocar no todo. 
De forma mais eficaz do que uma água a jorrar.

Assim É !
Selat Mai! A voz dos Universos.
E a voz dos Universos acolhe o som dos vossos corações.”

                                                                                             Arthrathon 



O texto pode ser partilhado através de qualquer meio, contanto que o conteúdo não seja alterado e a data da publicação e o local onde se obteve a informação sejam divulgados com o corpo da mensagem.
É expressamente proibido sua comercialização sob qualquer forma.

wwwvoonaluz.blogspot.com




[1] Verbo, uso  séc.XIII

Não importa se se é uma pomba ou uma águia.


  Não  importa  se se é uma pomba ou uma águia

Mensagem de Gandhi

Transmitida telepaticamente através de Ana Clara 
29-03-2012 

“ Sabem que não quero minimizar, apontar qualquer ponto negativo no vosso trabalho.
Quando eu fazia o meu trabalho nas ruas era apedrejado. 
Atiçavam-me os cães e alguns me morderam nos pés.
Pouco vestia mas não tinha frio.
Pouco comia mas não tinha fome.

Dentro de mim havia uma sabedoria muito maior que aquela que já tinha aprendido através de livros e de universidades. 
O nosso e o vosso caminho é igual. É igual para todos. 
É fazer entender que a simplicidade leva à Paz e que essa Paz, ela própria é simples. Assim toda a gente a queira dentro de si!
É o que importa: Paz dentro de si e transmiti-la aos outros.

Mesmo nos momentos mais complicados em que sejamos ameaçados ou apedrejados, se essa Paz estiver dentro de nós, vence qualquer resposta, qualquer reacção que ainda esteja em nós e que nós queiramos ter. 
O caminho dessa Paz às vezes é complicado!

Os animais que representam a Paz e que são as pombas estão muitas vezes dentro de uma gaiola! 
Estão contrariadas, não podem sequer abrir as asas e batê-las! Sintam em vós a força do que é a vossa liberdade, dos vossos passos serem livres, de as vossas escolhas serem livres. 
E também ao não existir um grande conhecimento sobre quem sois vós, essa liberdade torna-se maior e a Paz dos que vos rodeiam é mantida.  
Não  importa  se se é uma pomba ou uma águia e qual a altura que esse voo consegue abarcar.

Importa apenas que o propósito é igual. 
Amem os outros independentemente do que eles possam estar a fazer! 
Se não conseguirem amá-los logo, amem-nos mais tarde. 
Não se castiguem por isso!

Eu quase tudo abandonei. Era-me mais fácil a escolha.
Vocês têm que coexistir. Talvez seja mais complicado…

Mas ela está à vossa volta. Ela está à vossa frente. Essa Paz!”

Mahatma Gandhi


O texto pode ser partilhado através de qualquer meio, contanto que o conteúdo não seja alterado e a data da publicação e o local onde se obteve a informação sejam divulgados com o corpo da mensagem.
É expressamente proibido sua comercialização sob qualquer forma.

wwwvoonaluz.blogspot.com


segunda-feira, 26 de março de 2012

Mergulhem bem fundo no vosso mar e vejam como as águas são belas

Mensagem de Infante D. Henrique
26-3-2012
Recebida telepaticamente por Ana Clara


“Eu gosto de Mar!



Também Eu Sou calmo, também Eu Sou, digamos, agitado.


É essa agitação que às vezes nos traz a força para nos elevarmos. É uma insatisfação que diz que o nosso mar, afinal não está calmo: está adormecido, doente , apático.


Ao agitarem a vossa água interior, perguntando no vosso coração como ele está, como se sente, sintam em muitos casos, uma insatisfação. Olhem-na sem medos e agitem o vosso interior.


Mergulhem bem fundo no vosso mar e vejam como as águas são belas . Se intranquilas, elas acalmarão. Se houver escolhos, enfrentem-nos e deitem fora.


O vosso Mar é limpo, puro e cristalino.


É hora!
É hora de sentirem o vosso Mar interior e o seu cheiro, a sua brisa, a sua pureza e a sua beleza.”


Henrique de Portugal




O texto pode ser partilhado através de qualquer meio, contanto que o conteúdo não seja alterado e a data da publicação e o local onde se obteve a informação sejam divulgados com o corpo da mensagem.
É expressamente proibido sua comercialização sob qualquer forma.

wwwvoonaluz.blogspot.com



Só a dar se recebe

Mensagem de Arthrathon
26-3-2012
Transmitida telepaticamente através de Ana Clara




"Só a dar se recebe.


Mas Nós damos também, sem vocês o darem! Estamos apenas e também a ‘acutilar’ as vossas memórias e a vossa Essência, despertar o vosso Eu Sou.


O Mar é como vocês: umas vezes calmo, outras ‘raivoso’.


Que as vossas ‘raivas se tornem em intuitos de se elevarem, com uma onda!


E vê que força tem uma onda!


Se fores e forem uma onda de Luz, vejam só as vossas capacidades!




O vosso coração é, na essência, um Mar calmo.
Transformem esse Mar calmo numa onda de Amor e deixem-lhe banhar o que está à volta. Sem nada esperar receber…A vida salpicar-vos-á dessa ‘água’ que enviaram.
Apenas basta sentir-Nos e estar disponível.



Estão muitas vezes , ou assoberbados no vosso exterior, ou enterrados nele por medo.


Medo de olhar para vocês mesmos, medo de olhar para Nós, que sempre vos acompanhamos.


A ninguém castigamos. Nada temam!


Apenas vos queremos ajudar a regressar a vós mesmos. Vocês têm andado separados de vós mesmos.


Às vezes, têm de se ‘descascar’ com coragem. Tirar camadas que nem gostam de olhar , até chegar lá, a uma espécie de Éden.


Todos têm um Jardim interior, belíssimo e com aromas especiais e únicos.
Vocês são esse Jardim Interior.


Nós Somos assim, Amadas! Da Comunicação.
Transmitir o Amor e a Luz através da Palavra.
Somos Mensageiros dos Tempos.


Nos vossos edifícios e marcos históricos estamos!
Criámos e ajudámos a criar formas de comunicação, ‘alfabetos’.
Nada estranhem!

Assim É!


Arthrathon Eu Sou
Cavaleiro dos Tempos.”


                                                                                                          Arthrathon



O texto pode ser partilhado através de qualquer meio, contanto que o conteúdo não seja alterado e a data da publicação e o local onde se obteve a informação sejam divulgados com o corpo da mensagem.

É expressamente proibido sua comercialização sob qualquer forma.

wwwvoonaluz.blogspot.com







domingo, 25 de março de 2012

O tempo é de mudar paradigmas,atitudes

Mensagem de Arthrathon

Transmitido telepaticamente através de Ana Clara
                                               24-03-2012

 
“ Não é difícil virem até mim.
Assim como não é difícil eu estar perto de vós.

Estão, neste momento, em termos de consciência, dentro daquilo que  poderia chamar-se um aglomerado energético. Vocês sabem o nome dele.
Nestes locais confluímos mas apenas podemos contactar se a vossa energia for de Amor, de disponibilidade Divina.

Estes encontros…
Não esperem que aconteçam nos vossos espaços materiais.
Estes encontros são feitos dentro de vós, dentro da vossa energia maior. 
Não esperem um dia voar até ao Céu e encontrar-me aí. Não!
Os nossos encontros são feitos numa energia mais subtil, invisível aos olhos.
Esta energia é uma energia de contacto que facilita encontros, comunicações. Digamos, que é também uma energia genética, de identificação.

Somos muitos, vocês também são já muitos! 
A vossa energia, mesmo que pensem que não, está a permitir a elevação do vosso espaço matéria, a elevação de todos a uma quinta dimensão que é a pretendida. A libertação da matéria é muitas vezes difícil e complicada. 
Porque é difícil libertarem-se de toda a informação que vocês transportam relativa a vidas aí. 
Mas não se desprezem porque essa informação é muito, muito importante  para o Universo todo. 

Mas já perceberam que o tempo é de mudar paradigmas, atitudes.
Se não mudarem os vossos pensamentos e as vossas acções não conseguirão nunca elevar-se para esta 5ª dimensão de que tanto ouvem falar.
E 6ª e 7ª…. Por aí fora…

Sintam o Amor que têm dentro de vós; o vosso e o nosso. 
Não se desprezem nem se deixem desprezar por aquilo que dizem que vocês o são. Vocês são muito importantes e por isso aí estão, por isso escolheram reviver experiências, enfrentá-las, mudá-las. 
Todos nós em conjunto com todos vocês, somos uma espécie de corrente, todos juntos. E os que conseguem sentir mais não são mais importantes que os que sentem menos.

Este manto que já vos foi atribuído tantas vezes permite a vossa protecção e aí na Terra, onde vivem, não dá invisibilidade aos olhos mas protege-vos retirando-vos dos olhares dos outros e de energias mais densas.

Basta de manhã intencioná-lo e colocá-lo nos vossos ombros.
E estão prontos para a vossa ‘luta’ de guerreiros de Luz!

Eu Sou e
Eu Estou Presente.”

Arthrathon



O texto pode ser partilhado através de qualquer meio, contanto que o conteúdo não seja alterado e a data da publicação e o local onde se obteve a informação sejam divulgados com o corpo da mensagem.
É expressamente proibido sua comercialização sob qualquer forma.

wwwvoonaluz.blogspot.com 


Todos vós sois guerreiros da vossa vida

Mensagem de Afonso Henriques de Portugal

Transmitido telepaticamente através de Maria Júlia Duarte
24-03-2012



“Eu sou um guerreiro.
E todos vós sois guerreiros da vossa vida.
Eu venho mostrar-vos o quanto vocês são na vossa força, na vossa coragem. Liguem-se a mim para sentirem a minha força porque eu também fui um guerreiro.
Agora, guerreiro de Luz.

E porque vocês estão na minha Luz, amem-me, liguem-se à minha Luz.
Fui guerreiro de Portugal. Continuo a ser vosso guerreiro.
Guerreiro da força, guerreiro da Paz, não guerreiro da guerra.
Guerreiro da Paz, guerreiro do Amor e Guerreiro da Esperança.

Tenham esperança. É isso que eu quero dizer-lhes.
Que nos vossos corações reine a harmonia e a esperança.
Acreditem na vossa força maior porque vós sois uns guerreiros e porque já estivemos juntos, estamos novamente em uníssono.
Eu quero manifestar aqui o quanto vocês são força, força de guerreiro.

Abracem as vossas causas. 
Não tenham medo
Não coloquem limites. 
Não coloquem barreiras no vosso querer porque vocês são Luz e fazem parte desta Luz Maior.
Eu Sou Afonso Henriques de Portugal.”



O texto pode ser partilhado através de qualquer meio, contanto que o conteúdo não seja alterado e a data da publicação e o local onde se obteve a informação sejam divulgados com o corpo da mensagem.
É expressamente proibido sua comercialização sob qualquer forma.

wwwvoonaluz.blogspot.com 


A esperança são vocês, não somos nós


 Mensagem de Rainha Isabel de Portugal
Transmitido telepaticamente através de Ana Clara
24-03-2012



“ A esperança são vocês, não somos nós.
Nós, que vocês todos aclamam como entidades de Luz temos esperança em vós, porque são uma parte de nós.
Tenho-vos comunicado sempre a vossa força e as vossas capacidades.
Eu, Isabel vos protejo e abençoo.

Porque perdem tantas vezes a vossa esperança? Não a percam!
Vocês são uma espécie de tornado de Luz contido.
Assim como muitas entidades de Luz, irmãos de Luz, vos temos transmitido, não se esqueçam que não são apenas corpo físico.

Esse vosso corpo é apenas o transporte. 
O vosso corpo perfeito e belo é um transporte.
 Vocês são,única e simplesmente nossos irmãos, muito importantes porque estão agora aí num período muito especial. 
E o nosso contrato é estar sempre convosco! 
Mesmo que vocês às vezes não o creiam. 
Banhem-se sempre neste nosso Amor Maior que temos por vocês. 
Sintam esta força que colocamos à disposição.

Vocês não são os pacóvios da Europa.
Vocês são um dos povos mais honrados da Europa. 
Tentam de forma muito inteligente, tentam, destruir-vos porque sentem a vossa força mas sendo vocês fortes e também inteligentes não se deixem destruir. 
Confiem. 
Tenham esperança. 
Busquem a vossa Fé interior porque o tempo, tudo, tudo, cura.
E as experiências de hoje, amanhã, já são passado.”

Isabel de Portugal



O texto pode ser partilhado através de qualquer meio, contanto que o conteúdo não seja alterado e a data da publicação e o local onde se obteve a informação sejam divulgados com o corpo da mensagem.
É expressamente proibido sua comercialização sob qualquer forma.

wwwvoonaluz.blogspot.com 


A cura tem muitos caminhos

 
 Mensagem de Arcanjo Methraton
Transmitido telepaticamente através de Ana Clara
24-04-2012


“Sempre que abrem as vossas mãos em Amor o vosso corpo emite raios.
São raios de elevação e de cura. 
Mesmo que não consigam, por muitos motivos, curar os vossos corpos, vocês continuam a irradiar esta energia para os outros. 
Para os ascensionarem, para os elevarem, para os curarem. 

A cura tem muitos caminhos
A cura pode não ser o milagre que vocês estão à espera. 
A cura pode precisar de um percurso, de um caminho de aceitação de descobertas.
Sintam sempre nas vossas mãos esta energia de Fonte. 

Essa energia não é minha, é vossa.
É a vossa ligação à Energia Maior. É a vossa protecção. 
Não é menor. É elo. É partícula. 
É centelha mas nem por isso menos importante. 

Como referi as curas podem não ser as de agora, as do corpo físico. 
As curas têm muitos níveis, muitos patamares, mas se não esquecerem que têm dentro de cada um essa força, essa centelha….   
E basta que a liguem, que façam a sua ignição e ela transformar-se-á. 
Primeiro numa chama pequena, depois numa chama enorme e num fogo abrasador. Não um fogo que queima, não um fogo que destrói mas um fogo redentor, um fogo libertador, que os libertará das vossas amarras, das vossas barreiras coloca-las por outros sim, mas muitas vezes auto impostas. Deixem-nas cair, deixem-nas reduzir a cinzas. 
E esse fogo libertador, busquem-no dentro de vós próprios. 
Essa reconexão, essa ligação à Energia Divina, ao Todo.

Assim É.
Eu Sou Methraton.”


O texto pode ser partilhado através de qualquer meio, contanto que o conteúdo não seja alterado e a data da publicação e o local onde se obteve a informação sejam divulgados com o corpo da mensagem.
É expressamente proibido sua comercialização sob qualquer forma.

wwwvoonaluz.blogspot.com 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...