segunda-feira, 19 de junho de 2017

Sigam o Coração.

18-6-2017

Mensagem de Kuan Yin



“Paz. Paz. Paz.
Ouçam a minha voz no vosso coração. Aí verdadeiramente me escutam, é onde estou.
Libertem a dor porque ela é ilusão, é prisão onde ficam por escolha, por medo de continuar.

Foi-vos dito que o novo é proibido ou mau. Por isso quando sentem o novo, têm medo.
Têm medo de não ser merecedores dele, que vos faz mal, que não é vosso.
O novo é a liberdade de Ser tudo o que querem Ser.
O Ser também vos ajuda a ter aquilo que mais precisam e procuram: a Paz, a plenitude

Em Amor, procurem coisas novas, diferentes daquilo que vos prende e não vos satisfaz.
O Amor é eterno.
O Amor é vosso.
Vocês são Amor.”
Kuan Yin
18-6-2017
Mensagem de Yeshua


“Tal como vós, Sou feito de partículas do Cosmos.
São livres se o quiserem ser. Puros e doces como pombas.
Vocês sentem, não tenham medo de sentir. Partilhem o que sentem com os outros.
São livres de canalizar a Luz do Universo, a criação infinita do Universo.

São livres através da Palavra, da escrita, daa intenção criativa de canalizar a Luz do Universo e da sua Criação Infinita.
Eu e todos os seres do Universo queremos comunicar através de vós para poder espalhar a Palavra da Luz e do Infinito.
Vocês são muito importantes e não terminam aí. Irão continuar sempre como sempre o fizeram em muitas vidas e sempre connosco ao lado.
Amem-se, gostem de vocês, confiem em vós próprios e nas vossas capacidades.



Amo-vos do centro do Universo até ao seu Infinito.
Irmãs e Irmãos!
Luas Novas resplandecentes! Sois e arco-íris!
Aceitem-se!

Dignifiquem a vossa caminhada
Sigam o Coração.
Unam-se à vossa Energia Mãe e Maior. Como Eu, são filhas e filhos do Criador, do Divino.
O meu Amor por vós não tem fim nem principio!
O vosso companheiro na Luz.”
Yeshua



Transmitido a Maria Clara
voonaluz.pt


segunda-feira, 29 de maio de 2017

Vocês criam o que querem.

27-5-2016

Mensagem de Gaia e Arthrathon

Transmitida a Maria Clara




Gaia:

Concentrem-se em apenas Ser. Como a Natureza.
Sigam os seus ciclos imparáveis, inadiáveis, aparentemente tão complexos mas apenas simples, de entrega.

Entreguem-se, aceitem o que vem e o que vai.
Não dêem mais do que aquilo que os outros querem ou conseguem aceitar.
Aceitem tudo o que vem; o que não conseguem acolher, cedam apenas.

Esse desapego, essa entrega, essa dádiva faz-vos estar em consonância com os Ciclos, com a Energia da Natureza, que tudo recebe e que tudo dá.
Sem nada pedir e tudo aceitar.

Nesse equilíbrio, tudo o que ‘perdem’, apenas dão a um outro vértice qualquer da vivência infinita.
Tudo é transmissível.
A areia que vos escorre pelas mãos já foi rocha. E agora dilui-se pelo Todo, por todo o lado.
Tudo é transformação. E não podemos encarcerar essa transformação.
Vocês próprios são mutáveis, em corpo e em espírito.”
Gaia

Arthrathon:

“E têm também a capacidade dessa transformação ao vosso redor, porque são também factor de criação. Vocês criam o que querem.
Se querem Paz, construam-na. Se beleza, criem-na.
Se todos os parâmetros da vossa criação estiverem alinhados no equilíbrio, no ‘bem’, no belo, tudo à vossa volta flui nessa harmonia.

Se criam para manipular e transformar em algo que apenas vos é exclusivo, assim fluirá, mas como uma erva daninha, que tudo invade e não dá espaço a mais nada.
Os sentimentos também são assim.

Mas seguindo as sentidas palavras de Gaia, deixem fluir o ciclo.
Tudo o que floresceu em vós é livre mas há que regar, há que semear como escolherem. 

A Natureza é de todos. E cada um tem de ser responsável pelos seus passos e pelos seus actos.

Não apressem o ciclo.
A vida é um jogo, uma peça de cada vez. Se apressam essas peças tudo desmorona, atabalhoado, confuso e sem conseguir atingir a meta.
O frente a frente das peças tem de ser feito de forma sábia, pacífica e amorosa. É um jogo sem perdedores ou vencedores.

E sabem que os que são apontados como vencedores são os que mais trabalharam e transpiraram, porque são mais visíveis e por isso mesmo apontados?
Para quem apenas observa ou julga, não importa se houve tempo envolvido ou trabalho ou sofrimento pela peça movida. Apenas lhes importa o facto e não os motivos ou objectivos.

Sei que o objectivo não é ganhar, é apenas Ser. Honestos, livres, em Paz. E essa é a vossa escolha, aceite ou não por outros. 
Assim É!

Nesta aparente distância, em que cada vez mais Portais estão disponíveis e fluidos, Assim É!”

Arthrathon

domingo, 21 de maio de 2017

São vocês que escrevem a vossa Vida! Não responsabilizem os outros pela escrita da vossa vida.

20-5-2017

Transmitida a Maria Clara

(durante meditação de grupo)

Mensagem de Anubis

(Entrega Esfera de Luz dentro de taça que é colocada no Cardíaco. Esta Luz é distribuída por todo o corpo físico, até chegar ao ADN)

“Está a ser feito em vós resgate de energias que estavam perdidas. Não importa se as reintegram em vós ou não. Essa entrega está a ser feita.
Em vidas passadas participaram, de forma consciente ou inconsciente, em cerimónias em que vos foram tiradas as capacidades e poderes do vosso Coração. O vosso amor incondicional foi afectado. Por isso este resgate e a consolidação que está a ser feita.
Não precisam de sentir isto, está a ser feito de forma etérica.

Não brinquem com o vosso Coração; aceitem o que ele vos diz, aceitem a vossa intuição, escutem-na.
Não descurem a vossa capacidade de Sentir.
Não descurem a vossa Liberdade.
Ajam e sintam por vós próprios, pelo que vos dita o vosso Coração e não por aquilo que vos dizem que têm de fazer.
Aceitem que há mudanças em vós e que o que o vosso cérebro vos impôs como certo e correcto, não seja já o que vocês sentem agora, porque o vosso Coração está a mudar. O Coração vai-se elevando e daí as escolhas irem mudando, sendo até por vezes ‘estranhas’.

Não se esqueçam que o vosso Coração de Luz é a vossa parte mais importante; é nele que reside toda a Sabedoria.”
Anubis


Mensagem de Anjo

“A Paz e a Força estão em vós.
Tudo está em vós, dentro de vós, não no exterior.
Não procurem a Força ou a Paz fora de vós.
Para isso, têm que limpar, limpar, limpar emoções, sentimentos, dogmas…
Aproveitem o dia – a – dia para se enraizarem e drenarem para a Terra o que não vos serve e devagarinho encontram a Paz Maior e única”
Anjo


Mensagem de Fernando Pessoa



São vocês que escrevem a vossa Vida!
Não responsabilizem os outros pela escrita da vossa vida.
São vocês os donos do papel e da caneta…São vocês os responsáveis pela vossa escrita de vida.
Peguem num papel, escrevam os vossos sonhos e acreditem neles. Desenhem-nos; construam-nos!
Sonhem, sonhem, sonhem! Escrevam os vossos sonhos!


Resgatem o vosso poder pessoal e não responsabilizem os outros pelo incumprimento dos vossos sonhos.
São vocês os responsáveis! As capacidades são sempre vossas! Não se desculpem com os outros! Não tenham medo!

Vocês têm medo de ser livres! Vocês têm medo de sonhar; vocês têm medo de ganhar asas!
Estou a provocar: olhem para os vossos medos, olhem para as vossas prisões e alienações… são vocês próprios que se prendem…


Porque se preocupam com o olhar que os outros vos enviam?
Procurem olhar para dentro, não estejam sempre a olhar em volta. Usem a vossa capacidade de sonhar. Mexam-se!

As maiores prisões são aquelas em que vocês fecham a vossa própria porta; não são os outros a usar a chave…
Usem as chaves a vosso favor para abrir as vossas portas…”
Fernando Pessoa





Mensagem de Unicórnio


Junto a um ribeiro de águas cristalinas:

 “A vossa vida é como a água deste ribeiro: vem duma Fonte pura e encontra muitas pedras pelo caminho.
Mas a água cristalina passa pelas pedras, pelo lado, por cima por baixo.
A água não pára nas pedras, não fica estagnada. Se a vossa ‘água’ está estagnada é porque vocês não querem passar para além da pedra, têm medo do que está para além dela.

Deixem a vossa água correr, porque do outro lado de uma pedra há sempre mais água, há mais percurso a fazer, há liberdade.
Não fiquem nas poças que criam lodo…
A água não para, a Fonte está sempre a transmitir energia à água. E no fim deste ribeiro apenas está o mar… Nunca deixas de ser a energia que és: água.
Só depende de ti ficar numa poça ou continuar o percurso até ao mar.


E por cima do Mar está o Sol. E a Água um dia vai de encontro ao Sol, plasma-se nele. E um dia chove sobre a Fonte novamente e a Água volta a correr no Rio.
E este ciclo de água pura não pára: Não deixes a tua água estagnar e ficar retida nas pedras; aprende que podes sempre contornar ou saltar … Ou esperar que venha mais água que te empurre para o curso livre do rio…


Unicórnio

voonaluz.pt

sábado, 13 de maio de 2017

Não importa se me chamam Maria, Isis, IS IS, ou Mãe Divina ou do Universo.

13-5-2017

Mensagem de Maria/Isis

Transmitida a Maria Clara
(Durante meditação de Retiro Espiritual Feminino)



(Figura feminina envolta em Energia Branca e que sai dentro de Sol Dourado, brilhante e ondulante, que sobe no Céu. Coração de Luz Branca.
Rodeada de Sacerdotisas de Energia feminina.
Emana energia de gratidão e doçura que entra nos poros e no chacra cardíaco.)

“Não tenham vergonha de serem quem são e como são.
Não importa se me chamam Maria, Isis, IS IS, ou Mãe Divina ou do Universo. Sou também a Energia do Criador, da Fonte.

São descendentes da minha própria energia e têm estado muitas vezes na Terra a transmitir esta energia; são tão sacerdotisas como estas que vos rodeiam. A vossa origem é de Luz.

Em muitos anos, em muitas Eras, em muitas vidas, têm trazido essa energia para a Terra, têm-na plantado e transmitido e devem continuar a fazê-lo.
Mas também em muitas dessas vidas foram abafadas, oprimidas, caladas e rejeitadas. Nesta vida é o momento de fazerem as pazes com a não libertação do passado, seja esse passado nesta vida ou noutras vidas.
Ao fazerem essa libertação estarão a unir-se total e integralmente à energia Mãe.

Preciso de vós como precisam de Mim; somos uma família; são minhas filhas.
Precisam também perdoar e esquecer muitas coisas que estão para trás e disponibilizar este Amor e esta intenção de amar em todos os tempos que virão. E estão no sítio certo e na hora certa.
E não são pequeninas, são grandiosas!

E onde estão é importante implantar pilares de energia do Amor e da dádiva e também da recepção. Não estão aí apenas para dar; estão também para receber; recebem para vós mas também para transmitir aos outros, mesmo que não o saibam.
E nos sítios onde estão, transmitem para todas as mulheres do vosso país e de todo o mundo.

E quando não souberem o que tem a fazer, apenas digam: ‘Minha Mãe Divina, transmite a tua Energia para todo o Planeta, para todos os países, para todas as mulheres, para todas as crianças’.

E sintam que o que já passou, passou. Não interessa. E não interessa se no Egipto foram sacrificadas, se na Europa foram apedrejadas, se no México foram sacrificadas em altares…não importa por onde passaram…
Apenas tiveram que sentir e viver.

Agora são novos tempos, há um nascer do sol em vós e para vós e também para a dádiva aos outros.
Não precisam saber qual o vosso futuro, precisam apenas de saber que a vossa vida é eterna! É Infinita! Porque tanto já percorreram em tantas Eras, em tantas histórias e estão aí neste Séc. XXI. E virão mais séculos para a frente. E comigo e connosco estão sempre, no Coração.

E fazem parte da época das novas revelações. Elas estão a ser feitas e são internas; são revelações do Coração. Mas também são cada vez mais revelações externas.
A Verdade Divina, a Verdade Feminina, está-se a manifestar no planeta Terra.
E sem o saberem ou sequer, muitas vezes, sentirem, estão a contribuir para isso. Mesmo sofrendo, chorando, secando pelo caminho. Mas decidam o que querem sentir e o que querem ser; se querem viver livres ou sobreviver aprisionadas.

(Das suas mãos saem raios de Luz Branca…)

É no vosso Coração que tudo se sente; reaprendam a pensar com o vosso Coração.

Amo-vos a todos, embora pareçam palavras dirigidas as mulheres. Mas são também para os homens!
Na vida terrena têm dois pólos que não são nem o ‘positivo’ nem o ‘negativo’ ; é apenas o masculino e o feminino. E um não é mais importante que outro!

Todos vocês tem essa energia e são composição em equilíbrio masculino e feminino. E isso muitas vezes faz confusão porque é sempre conotado com o género sexual.

Estou apenas a falar de Energia da Origem e a energia feminina poderá ser mais doce mas extremamente forte e o vosso lado masculino é mais racional e de força física. Equilibrem essas duas partes em vós.”

Maria/Isis

voonaluz.pt

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Caminhem agora e sempre em acolhimento, em amor, em perdão.

4-5-2017

Mensagem de Yeshua e Arthrathon

Transmitida a Maria Clara




“Em Luz, em Paz Estamos.
Sou Yeshua. E Eu Sou Arthrathon
Somos parte da Luz Eterna. Somos na Vida sem fim…
Cada um com o seu caminho, mas Unos na mesma missão: a libertação e a elevação.
Não partimos. Somos agora parte do Todo a que todos pertencem.

Caminhem agora e sempre em acolhimento, em amor, em perdão.

Todos temos caminhos, mesmo sendo paralelos a outros.

Tantas vezes dizes: ‘Como é inteligente o Universo, o Criador!’
E é isso mesmo! Tudo te faz sentido mesmo sendo pouco perceptível para alguns. Mas é a tua liberdade, a possível, a facultada no Agora. Vive-a, sente-a, desfruta-a.
Sabemos os vossos campos energéticos. Apenas vemos, sentimos isso.

Caminha. Vai. Em Luz.
Esse tem sido o espaço/tempo das escolhas e das consumações. A Fénix, o Lótus, o Dragão, a fogueira que começa no carvão e se desenvolve em Luz. Quando o ‘padrão’ diz o contrário…
A Força Interna pode agora não ser equivalente à força exteriorizada. 

Fomos talhados na mesma Origem. A verdadeira abundancia está aí.
Não importa o abandono quando a Fonte interna jorra em Luz dentro de nós. Há uma certeza, uma convicção que transportamos que nenhum teórico consegue explicar ou entender. É a nossa Sabedoria, a nossa Conexão, a Presença do Verbo que permite tudo Ser mesmo aparentemente nada sendo… ou tendo…

O que entendes ter para resolver com Artrathon está resolvido e ele sabe-o! É apenas um tempo de espera. Sabes o que há para fazer. Em Amor (Ele sabe-o). E esse saber alimenta-te.
A cerca está aberta.
As sandálias mantêm-se no caminho.

Há várias vibrações para tudo e todos mas há uma vibração específica em cada um de nós. A Nossa missão é alinhada com a vibração individual.
A Grande Fraternidade Branca é uma vibração conjunta elevadíssima mas cada elemento tem a sua própria vibração também elevada. E têm a sua missão individual.
Na Terra é diferente. Os grupos são importantes, têm enorme força vibratória. Mas os grupos de pessoas humanas têm egos que por vezes é difícil serem equilibrados. Daí que muitos, em trabalhos também muito específicos, tenham de o fazer (aparentemente) sozinhos. Porque foi essa a escolha, porque tem de ser feito assim.

E quem pedir ajuda, acolham no coração. É simplicidade e humildade. É partilha. É dar. É receber.
E é essa maravilhosa capacidade de diversidade que a vida oferece: fluir em várias vibrações, sejam ‘baixas’ ou ‘altas’.”
Yeshua

Arthrathon:
“O meu Amor envolve-te…
Espero. Entendo. Sei. Nunca fomos de contratos fáceis.
Tens lembrado que quando aí chegámos estava escuro e o cheiro era de enxofre… Sente que agora consegues cheirar as flores, o sal, o ar puro.
Muito vivenciámos!

Não tens de estar preocupada com a experiência ou vivência ou avaliação dos outros actores.
É o teu momento e de pensar na tua missão, independentemente de quem a acompanha.
Não é egoísmo ou posse, apenas a vida é também para ser vivida naquilo que cada um sente em si e que é o que há para fazer.
Coragem! Aqui estou e Sou!
Ama, ama, ama.
(se fosse fácil, não o escolhíamos…)
Arthrathon Eu Sou. Uno. Omnisciente de todas as vidas escolhidas. E nenhuma é mais importante que outra.

Sentir assim não é fácil.
Sê livre.
Não te envolvas em manietações.
No teu cesto da dádiva tem de restar sempre algo para ti: o teu respeito, liberdade, integridade, alegria, auto reconhecimento, a tua auto aceitação de Seres quem És e como És.
Escolheste viver com um pé em cada lado (o aí e o aqui). A escolha está feita e consumada.

Arthrathon

voonaluz.pt

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Permitam-se Sentir e Ser.

14-4-2017

Comunicação da Grande Fraternidade Branca

Transmitida a Maria Clara


(Senti muitos Seres, entre eles Arcanjo Uriel, Sanat Kumara, Yeshua, Mestre Nada, Mestre Lanto…)

“A Palavra e o Verbo são únicos e Unos. O verbo é a manifestação do Amor e da Luz que resplandece no vosso Coração.
E o Coração bate sempre, disponível para enviar a todo o corpo a Luz mas também para emitir, raiar essa Luz para tudo o que vos envolve. Chega bem longe a vossa Luz, o vosso raiar do Coração.
E chega tão longe e mais longe, assim seja grande e pura a vossa intenção.

Piedade e misericórdia não são amor na sua totalidade. A compaixão é palavra maior mas não consegue traduzir o Amor. O Amor sente-se, constrói-se, dá-se. Ele não tem limites e nem fronteiras o conseguem parar.

Do medo e da dor podem nascer sábias sementes e flores e novas palavras entoadas em grande vibração.
Afastar não é abandonar. Quando não nos manifestamos visualmente nos vossos olhos é porque não o podemos fazer.
Apenas a vossa Fé, o vosso Sentir, o vosso intuir tem de quebrar barreiras.
E por vezes há aqueles que têm de se afastar de outros para intuir melhor, sentir mais, ‘desintoxicando-se’ de frequências que se atravessam no caminho e que não permitem ver com o Coração o que tem de ser visto e transmitindo e comunicado. Afastar não é desamar.

Sejam livres mas Unos. Não se prendam nem prendam outros. Abandonem dogmas, ideias instaladas e sejam criativos. Permitam-se Sentir e Ser.
Amamos-vos a todos sem excepção porque são parte de nós e nós parte de vocês próprios.
Aceitamos quem é diferente na escolha da densidade, apenas somos criteriosos no afastamento daqueles que não permitem que outros se descubram e revelem a si próprios, em função do bem-estar de todos.

Tudo parece difícil, essa Revelação à vossa volta, parece demorada… Mas no Todo, tudo está a caminhar como prevíamos.
Estamos a ‘interferir’ q.b. (quanto baste), aquando do vosso pedido, não individual ou egoico mas comunitário. O que for bom para a totalidade, é nisso que trabalhamos.
Mesmo esses seres ‘duvidosos’ que sentiste, estão também eles em escolha. Vibram em 5D mas emanam para aí a sua negatividade. Como a vossa vibração total se elevou (e nem te parece!) eles sentem-no e ficam também com dúvida acerca das suas próprias escolhas.

Todos os Seres de Luz que sentiste há meses a eclodir no Mar, muitos também em Portugal, estão já a trabalhar e a alterar o paradigma e as frequências que precisam ser alinhadas.


Há desertos que precisam ser atravessados.
Cada um tem o seu deserto, para que consiga chegar à água. E só depende de cada pessoa o que faz com a sua água; se a julga uma miragem ou se a desfruta.
Desfruta a tua água, o teu sol e o teu deserto.
E em Amor, faz escolhas. Ama-te a ti e aos outros, não sendo, em equilíbrio, um mais amado que outro.

E a morte é uma coroação, corolário de que uma lição terminou. A avaliação é individual, cada um sente a sua.
Se apressam esse fim/morte, o desejo de serem coroados, não fazem, não sentem a verdadeira lição ou aprendizagem.
Quando muitos de vós têm o desejo de tudo terminar, saltam ou arrancam páginas do seu próprio livro, tornando-o sem sentido. No entanto, para todos, o Verbo está sempre presente, Nós estamos presentes. Somos, em Luz, aquilo que chamam Grande Fraternidade Branca."



Grande Fraternidade Branca

voonaluz.pt

domingo, 9 de abril de 2017

A experiência é integrar as diferentes vibrações e com elas conviver, construir e…amar.

6-4-2017

Mensagem de Arthrathon

Transmitida a Maria Clara



“Escutem, escutem apenas o Coração. O Amor está aí e a envolver-vos.
O mar traz sabedoria e bem-querer.

Por tanto amarem, sentem mais a desilusão, porque se iludem que tudo ao redor vibra como vocês. Não é essa a experiência. A experiência é integrar as diferentes vibrações e com elas conviver, construir e…amar.

Baixar-vos a vibração é dar oportunidade de Serem. Apenas Ser.
Deixem-se ir ao sabor dos dias. Aproveitem cada dia para apenas Ser. Sem compromisso.
Vão alcançar um ‘equilíbrio’, aquilo que dizem ser o ‘normal’. 

Não é a morte que importa (e a Alma nunca vai morrer, é incansável). É a vida e o percurso de dar ferramentas e oportunidades a outros. 

Estou ao teu lado (sentiste!). Arthrathon Eu Sou mas não sou memória. Sou apenas uma energia que vibra no Eu Sou.
Aí, como todos vocês, fui uma gota. Não se despreze a gota mas valorizem o Mar.

Uma gota é um mundo, mas o mar é o Infinito, o Universo. Não olhem para a gota, olhem para o mar.
Não olhem para a gota que são agora. Sintam o vosso mar, toda a Consciência, a Sabedoria, a infinitude.

E são vocês que escolhem se reflectem o Sol ou a Lua. E não se iludam, que a Lua brilha com o Sol. E o Sol é vida. Mas a Lua também o é…


Algumas pessoas podem ser salvadoras e mentoras para ajudarem outras a reerguer-se. 
Outros saem da vossa vida porque não é já o tempo e a missão delas. Foram oportunidades e tesouros.
Mas o Mundo é infinito e em mudança.

Transportam em vós energia de todos e ela é sempre válida. Mas plantaram a semente, viram o fruto. Agora, vejam as outras árvores. E o pomar é grande. Nunca acabam as árvores e as sementes para cuidar.

Nesse pomar não há sementes mais importantes que outras; apenas dão flores ou frutos diferentes.
As flores são importantes porque servem para ser admiradas; os frutos são importantes porque alimentam. E todos são necessários. E vocês podem ser flor. E podem ser fruto.

Somos Água. Somos tanto Sírius…aí tanto vivemos e descobrimos.
Agora, por vezes, pareço-te longe. Mas é preciso confluir outros mundos. E também tem sido teu tempo de expansão, mesmo que não o pareça!
Dá tempo. Ao próprio tempo. Ele pode ser amistoso.

A restante equipa de Merkabas apenas te aguarda para as (re) conheceres.
Assim É, Arthrathon Eu Sou!”
Arthrathon

voonaluz.pt


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...